Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

MONUMENTOS HISTÓRICOS EM ARARUAMA

Texto em construção ✍

Casa de Cultura

Um dos primeiros prédios públicos da cidade, inaugurado em 1871, abrigava o Paço Municipal, onde parte da história foi escrita, através de decisões administrativas dos governantes da época. A bela construção, com arquitetura Clássica do século XIX, é patrimônio tombado por Decreto Municipal. Hoje é cede da Casa de Cultura José Geraldo Caú, onde funciona o Centro de Memória Municipal Dr. Sylvio Lamas de Vasconcellos, o maior da Região dos Lagos, com um acervo de mais de 15 mil fontes históricas catalogadas e indexadas, a Pinacoteca Municipal e a Sala Arqueóloga Ângela Buarque. 

Leia mais »

Estação Ferroviária de Ponte dos Leites

Testemunha de uma época em que o distrito de Ponte dos Leite era tão movimentado quanto o Centro de Araruama, com forte atividade comercial e indústrias para o beneficiamento de sal e fabricação de cal, gesso e barrilha. Inaugurara em 1914, como parte da E.F. Maricá, que chegou ao município um ano antes, tinha como principal função o escoamento da produção industrial e agrícola. A Estação Ferroviária de Ponte dos Leite funcionou até 1963, quando a estrada de ferro foi desativada, deixando a indústria sem um meio de transporte eficiente. O bairro de Ponte dos Leite, logo, sofreu com a crise financeira, que sepultou grande parte de suas atividades comercias. A estação, que mantém sua arquitetura simples, porém intacta, foi revitalizada em 2019, quando foi repintada por artistas plásticos renomados em Araruama, além da locomotiva que hoje é o principal ponto turístico do bairro. A praça ao redor foi urbanizada, recebendo anfiteatro, aparelhos de ginástica e uma biblioteca.

Leia mais »

Fazenda Aurora

Ainda imponente, porem esquecida, a bela construção localizada no km 27 da Via Lagos (RJ-124), guarda muita história em suas paredes. O prédio data de 1862, quando foi erguido como sede da Fazenda Aurora, onde o proprietário, o português Francisco Pereira da Costa Vieira, esperava lucrar com a atividade cafeeira, cultura que estava em alta em todo o país. Havia, então, dois portos na Laguna de Araruama, Mataruna e Capitão, por onde se escova a produção das fazendas do município, até Cabo Frio, através do Canal do Itajurú de onde as cargas seguiam por via marítima até o Rio de Janeiro. Porém, o curto período de super valorização do café logo chegou ao fim, causando uma diminuição significativa no desenvolvimento do município, muitas das grandes fazendas foram desativadas, inclusive a Fazenda Aurora, que foi vendida e trocou de proprietário algumas vezes, até ser desapropriada pelo município em 2004, quando teve início seu processo de restauração. O prédio já havia sido tombado em 2001 pelo INEPAC (Instituto Estadual de Patrimônio), mantendo-se conservada a arquitetura em estilo Neoclássico do século XIX, que deu ainda mais charme ao Museu Arqueológico de Araruama, inaugurado em abril 2006. O município conta com 20 sítios arqueológicos onde foram encontrados objetos que pertenceram aos Tupinambás.  O museu funcionou durante 7 anos, sendo a visitação desativada em 2013, por falta de manutenção.

Leia mais »

Igreja Matriz São Sebastião

Em 10 de janeiro de 1799 foi criada a Freguesia de São Sebastião de Araruama, que então pertencia ao município de Cabo Frio. A partir de outubro de 1852, a Freguesia passou pertencer ao município de Saquarema, sendo posteriormente, em 6 de fevereiro de 1859, pelo Decreto Provincial nº 1.128, elevada a categoria de Vila de Araruama. A construção da igreja teve início em 1857 e término em 1867, sendo a primeira da região, duas décadas antes de Araruama ser reconhecida como cidade, em 22 de janeiro de 1890. Infelizmente, o prédio original, no estilo barroco e com a torre do lado esquerdo, característica pouco comum em igrejas católicas, foi destruído por um incêndio em 1945, que deixou apenas a alameda de palmeiras imperiais. Durante a reconstrução, optou-se pela modernização, com altar-mor em forma de abobada e uma varanda em estilo art-decó.  No dia 20 de janeiro uma grande festa homenageia o padroeiro da cidade. Visitação nos horários de missas. Fica na Avenida Nilo Peçanha, centro.

Leia mais »

São Vicente de Paula

Terceiro distrito de Araruama, criado em 28 de outubro de 1854, recebendo o nome em homenagem ao sacerdote católico Vicente de Paulo. Localizado a cerca de 20 km do centro de Araruama e próximo a Lagoa de Juturnaíba, uma área de grande interesse ecológico. Proporciona um ótimo passeio para aqueles que desejam conhecer mais sobre a história do município, visitando as Fazendas Históricas e a Paróquia de São Vicente de Paulo.

Leia mais »

Igreja Nossa Senhora da Conceição

Do alto de uma elevação à beira da estrada, no Km 9 da RJ-102, a Igreja de Nossa Senhora da conceição se ergue, saldando os viajantes que chegam e despedindo-se daqueles que partem. Além de um marco geográfico da chegada de Praia Seca, a capela é também um monumento histórico do período de forte atividade salineira na região. Construída no século XIX, é uma representação da fé do povo salineiro daquela época. A capela encontra-se em atividade religiosa, sendo celebradas as missas às primeiras quintas-feiras do mês, e a festa tradicional para homenagear Nossa Senhora da Conceição, realizada sempre no fim da semana de comemoração do dia da padroeira, 8 de dezembro.

Leia mais »